Um tanto mais que hoje

Um tanto mais que hoje

Leia abaixo dois poemas de Um tanto mais que hoje:

 

 

As pessoas precisam perceber que “se importar” 
e “importância”,
são coisas distintas . 
A primeira habita os corações, a segunda mora no ego.

 

***

 

Há dias que eu acordo Augusto dos Anjos,
Chamando a morte de amiga,
Desdenhando da vida,
Querendo desaparecer.
Inconsolável, 
Cuspo estes versos,
Porque engolir não posso mais!
Aconselho-te a bebê-los,
Talvez lhe sirvam para esquecer em paz.
 

  • Informações do produto

    Capa comum: 88 páginas

    Formato: 14cm x 21cm

    Editora Libertinagem: 1ª edição.

    São Paulo, 2021

  • Sobre a autora

    Andreza Andrade é paulista, escreve desde a infância, faz trilha e acampa. Também é mestra em Literatura e Vida Social pela UNESP, especialista em tradução, pedagoga, gestora educacional, cursa Pós-graduação em Educação em Direitos Humanos pela UFABC. Tem poemas publicados em Antologias, e em diversas revistas como Desvario, Subversa, Kametsa do Perú, Granuja do México, Tamarina Literária, La Loba e é colunista na Revista Cassandra.

R$ 35,00Preço