Tudo aquilo virou isso

Tudo aquilo virou isso

Leia abaixo três dois poemas de "Tudo aquilo virou isso", de Gustavo Freixeda:

 

SONETO DUMA MANHÃ DE DOMINGO

não isto
não é um soneto
desculpa a
enganação
isto é só mais um
nem o primeiro
nem o último
pedido de socorro

 

***

 

BANHO

acordo logo lamentando
esfregando a remela
sentindo frio e
com esforço digno de ilíada
entro no banho
aí vem café forte
trabalho
preguiça
água nas plantas
reunião
arroz e feijão
louça suja
louça limpa
café trabalho preguiça

sprint final nos textos publicitários (que cha-
mam de copies)

mais uma entrega feita sem qualquer convicção
só então vem o tchau notebook
a preguiça (agora de fazer o que gosto)
o mercado e,
talvez,
o jantar
depois vou dormir fechando o chuveiro
como se não tivesse entrado
saio seco

 

***

 

DAQUILO QUE SINTO DESDE OS 25

muitos
sinais de
degeneração
e sono
como
único sinal de vida

  • Informações do produto

    Capa comum: 64 páginas

    Formato 14x21

    Editora Libertinagem 1ª edição

    São Paulo, 2022

  • Sobre o autor

    Gustavo Freixeda é paulistano, nascido em 1992. É formado em Publicidade e atua como redator, tradutor e roteirista. Tudo aquilo virou isso é seu primeiro livro.

  • LEGAL SABER

    INFORMAÇÕES IMPORTANTES SOBRE LIVROS ADQUIRIDOS EM PRÉ-VENDA

    Os produtos adquiridos em pré-venda funcionam como um tipo de encomenda dos nossos livros. Você compra enquanto eles ainda estão em processo de edição. A pré-venda dura duas semanas e, após este período, há ainda etapas de finalização na Libertinagem antes de ir para a impressão. A gráfica responsável, por sua vez, se reserva o direito de usar um prazo de dez dias para entregar os exemplares à Editora. Em geral, é bom contar com um prazo médio de até quatro semanas para que enviemos o seu livro. Uma vez que os exemplares estiverem na Editora, os envios serão feitos imediatamente. 

R$ 42,00Preço